É Ligeirinho

Esporte, notícias, entretenimento e outras presepadas que não lembro neste momento.

"Marcha da Maconha" é realizada em Natal



Diferentemente do que ocorreu em outras capitais brasileiras, como São Paulo, por exemplo, a Marcha da Maconha de Natal saiu. E saiu escoltada pela Polícia Militar. Para viabilizá-la, os organizadores tiveram de assinar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que entre várias ações, proibia o consumo e a venda de qualquer tipo de substância ilícita.

T: Tema polêmico! Então não há como ser parcial neste caso, mas acredito na LEGALIZAÇÃO. Sou contra a proposta de DESCRIMINALIZAÇÃO e LIBERAÇÃO de maneira generalizada da Cannabis. Como já foi provado, sabemos que a erva da maconha tem muitas utilidades, dentre elas medicinais, têxteis, para construção civil (pasmem) e até mesmo, para quem curte, (que não é o meu caso) para fins de divertimento. Acontece que a situação atual do nosso país atrela o divertimento de uns com o sofrimento de outros. Concordo que a legalização da comercialização DEVIDAMENTE positivada e protegida pelo Estado pode ENFRAQUECER, e não erradicar alguns desses problemas, pois com a legalização a maconha se tornaria problema também do cidadão, assim como o cigarro, de optar pelo consumo ou pela abominação. A meu ver o problema é muito mais educacional do que de qualquer outro de âmbito público do nosso país. Com a legalização, poderia exisitir um grande mercado de trabalho em volta da erva, seja na agricultura, indústria têxtil e construção civil seriam maximizados, eu mesmo entraria no ramo facinho rsrsrs. Então levemos esse assunto mais a sério, porque envolve muito mais coisas do que apenas o desejo de um playboy maconheiro de enrolar um baseado e ficar doidão.
 
P: Um país que não tem uma educação, saúde e segurança de qualidade têm pessoas que perdem seus tempos fazendo essa marcha, isso é coisa desocupado mesmo. Por que esses idiotas não fazem uma passeata para que o governo conceda o aumento pedido pelos professores e policiais, onde os primeiros formam os cidadãos para a vida, inclusive os educam para que não caiam no mundo das drogas, e os segundo saem as ruas por pouco mais de mil reais tentando preservar a nossa e arriscando a deles. Porque essa meia dúzia de maconheiros não tentam ajudar essas classes? Será que a liberação da maconha é prioridade? Quem participou desta bobagem é porque nunca subiu numa favela e viram como é a vida dos traficantes, suas famílias e principalmente dos moradores podem acompanhar de perto como a droga interfere no cotidiano deles. Enquanto tivermos uma sociedade que se preocupa primeiro com DROGA, para depois se preocupar com saúde, educação e segurança, tudo ficará está.  #MACONHANÃO
W:  Maconha é igual a sexo: Quando você encosta a boca, depois de um certo tempo fica lesado, fraco das idéias e rir com tudo.       =D        (Que piadinha mais triste)    =D

1 comentários:

Marcelo Sousa (O Doido) disse...

Essa fuleragem de marcha da maconha no mínimo é coisa de playboy que não tem o que fazer!!! Dar o cú e fumar baseado agora virou moda no Brasil? Isso é uma vergonha!!! Esses militantes da cannabis deviam era gastar energia em alguma coisa que desse futuro! Tem de meter a borracha nesses desocupados pra eles aprenderem a dar valor em algo que preste!

Postar um comentário

Pesquisar este blog

Visitas

Email marketing

Central blogs

Central Blogs

Fm Fraternidade - 104,9 - A Paixão de Umarizal

Bebe Hoje?


Seguidores